Inteligência Emocional: qual é sua importância na gestão?5 min leitura

Ouça este artigo!
inteligencia-emocional-degrade-em-tons-de-rosa-cerebro-ao-centro-com-representacao-grafica-de-rede-ao-redor

A inteligência emocional é uma habilidade muito importante para quem ocupa cargos de gestão, considerando o papel que ajuda a regular as emoções do gestor quando ele estiver diante de situações de pressão ou precise tomar alguma decisão rápida.

Para tornar esse assunto mais claro e explorar um pouco mais suas possibilidades, falamos de como na prática a inteligência emocional pode melhorar mais ainda sua gestão. Vamos lá!

O que é a inteligência emocional?

inteligenciaemocional-parede-de-vidro-com-postits-colados-homem-jovem-observando-ao-fundo

Basicamente, a inteligência emocional é um conceito de psicologia que é usado para especificar a capacidade humana de processar e lidar com as emoções que são comuns a todas as pessoas.

Para gerenciar as emoções e alcançar o que os especialistas chamam de inteligência emocional, é preciso haver um equilíbrio entre os dois hemisférios do cérebro (lado direito e esquerdo).

O hemisfério esquerdo é responsável pelas tarefas de análise e lógica.

O direito, por sua vez, é responsável pelas emoções, o qual dá ao profissional a capacidade de trabalhar com música, arte e outras linguagens.

Na prática, como funciona a inteligência emocional?

A inteligência emocional pode ser uma habilidade nata ou desenvolvida.

No entanto, requer autoanálise constante e capacidade para utilizar o pensamento lógico e racional no lugar das emoções.

Um bom exemplo de inteligência emocional é quando o gestor está lidando fortemente com pressões de todos os lados e, mesmo assim, ele consegue gerenciar a situação e desenvolve seu trabalho com eficiência.

Em outras palavras, o profissional não é engolido por suas emoções.

Pelo contrário, ele consegue se vira bem com suas emoções, não as deixando controlar as situações.

Qual é a importância da inteligência emocional para a gestão de uma empresa?

inteligencia-grupo-de-pessoas-comemorando-em-sala-tocando-suas-maos-no-alto-ao-mesmo-tempo

A inteligência emocional é uma habilidade fundamental para o desenvolvimento eficiente das operações de uma empresa.

Afinal, já imaginou na empresa ter que lidar com um colaborador explosivo?

Sem dúvida, ele colocaria em risco não apenas a sua própria saúde mental, como também a de outros colegas de trabalho.

Sem falar que isso poderia comprometer o bom desempenho do trabalho.

É por isso que a inteligência emocional é uma habilidade muito importante não somente para o time de gestão, mas toda a empresa.

De uma forma geral, é uma habilidade que garante, entre outros, os seguintes benefícios:

  • Melhora significativamente a relação entre gestores e suas equipes;
  • Reduz o risco de conflito emocional entre colaboradores;
  • Permite ao gestor tomar decisões baseadas na lógica e não em emoções;
  • Melhora muito o clima organizacional;
  • Melhora a retenção de talentos – Afinal, quem gosta de lidar com chefes explosivos ou com capacidades emocionais reduzidas, não é?;
  • Proporciona o desenvolvimento de outras soft skills, como por exemplo: a empatia.

São vários os benefícios para a empresa e principalmente para os colaboradores que se desenvolvem e crescem profissionalmente de maneira mais saudável.

Lição do artigo!

Por fim não há dúvidas de que a inteligência emocional é uma importante habilidade para a gestão, ainda mais quando falamos do dia a dia do ambiente corporativo, o qual é permeado por situações que exigem tal competência.

Contudo, não é somente e a gestão que se beneficia em equilibrar seu emocional, mas todos os colaboradores da empresa devem tê-la como uma habilidade fundamental para realizar seu trabalho da melhor maneira possível.

Se esse assunto te interessa confere nosso post sobre Soft Skills:

ola@simplificamais.com.br | +55 (47) 3370-7625 | +55 (47) 99630-0063 | A Plataforma Simplifica+ é um produto Adapcon