Talento humano: por que é mais importante do que a tecnologia?10 min leitura

Ouça este artigo!
homem-com-roupa-social-e-maleta-subindo-escadas-como-em-um-gráfico-ascendente-ao-fundo-a-silhueta-de-uma-cidade-com-o-sol-no-horizonte

Podemos dizer que o talento ajudou o ser humano a evoluir.

Com habilidades como, pensar o futuro, avaliar o passado e testar no presente, permitiu investigar melhor o mundo ao seu redor e tentar formas diferentes de prosperar.

Agora olhe ao seu redor…Somos cercados de criações humanas, e os feitos são grandes, é uma pena que aqui temos pouco espaço pra falar de todas.

Como sempre, aqui na Simplifica+ o assunto é sobre tecnologia, mas calma vamos falar mais sobre o talento criador da tecnologia, o talento humano.

O que é o talento humano?

Talento é um tipo de aptidão ou capacidade que nasce com as pessoas ou que elas adquirem no decorrer da vida.

Talento também é tido como uma inteligência que fica evidente por meio de habilidades extraordinárias.

Na vida o talento normalmente é mais visto em habilidades práticas, como tocar um instrumento, fazer arte ou até em capacidades físicas como dança, esporte ou luta.

É normal as pessoas tratarem o talento com exclusividade, como um dom divino que torna um indivíduo iluminado.

O problema desse pensamento é que ele distancia as pessoas da prática, afinal porque se esforçar para fazer bem, se alguém com “talento” faz bem, sem muito esforço.

Outro problema nesse sentido é desvalorizar o esforço de alguém que faz algo bem pela competência e dizer que o bom trabalho é fruto de talento, leia-se “dom divino”.

O talento humano está muito mais para uma habilidade prática constante com qualidade e empenho, o que rende experiência suficiente para fazer bem.

Quantos talentos um ser humano pode ter?

Estudos e até a própria OMS listam algumas habilidades que todos os seres humanos podem desenvolver.

E mais de uma fonte diz que são mais de 30 habilidades, tais como:

Autoconhecimento, Empatia, Comunicação assertiva, Relações interpessoais, Tomada de decisões, Gestão de problemas e conflitos, Pensamento criativo, Pensamento crítico, Gestão de emoções, Gestão de tensões e estresse, Flexibilidade e adaptação, Capacidade de resolução, Capacidade de trabalhar em equipe, Motivação e confiança, Saber trabalhar sob pressão, Proatividade, Comunicação, Profissionalismo, Atenção, Memória, Raciocínio, Capacidade de associação, Força, Resistência, Escuta ativa, Paciência, Metacognição, Inibição, Velocidade, Gestão das pessoas e existem mais ainda…

Outra vertente de estudo que se associa à ideia de talento humano é o conceito de soft e hard skills.

Se o assunto te interessa veja nosso blog sobre soft skills!

Talento humano aliado à tecnologia

O talento humano é um apanhado de conhecimentos, vivências, culturas, e experiências usadas de forma eficiente pelas pessoas.

O talento é um tipo de inteligência disponível às pessoas, todas têm algum tipo de talento, podendo ter caráter artístico, social ou intelectual.

E a ciência tem uma contribuição nesse contexto, afinal, a tecnologia nasceu dos avanços científicos.

A ciência, do latim “scientia”, em tradução “saber” ou “conhecimento” é a prática sistemática, que envolve estudo e investigação para obter conhecimento.

A união da cultura com os avanços da ciência elevou o talento humano com apoio da tecnologia.

A relação entre cultura e ciência já gerou muita discussão, de filósofos, a grandes inventores e artistas na história. Por exemplo, Leonardo da Vinci (artista e cientista), dizia:

“Para ter uma mente completa estude a arte da ciência, estude a ciência da arte, aprenda a enxergar e perceba que tudo se conecta a tudo”

O talento humano formou todo esse acúmulo de conhecimento e com a invenção da tecnologia nos permite hoje gerenciar essa imensidão de dados.

A tecnologia massiva de hoje, e do futuro próximo, unidas ao talento humano tornarão melhor esse futuro.

A tecnologia prevista com a chegada das hiperconexões como Internet das coisas trarão novas possibilidades.

Com tecnologias que já existem, dispositivos conectados ao corpo humano, os famosos wearables ou vestíveis, como: smarphones, smatwatch, SmatTV, SmartCar.

A tecnologia ajudará a monitorar e manter a saúde e bem-estar, prevenindo doenças e melhorando as atividades do dia a dia.

Qual é o papel do talento humano nas empresas?

O talento humano nas empresas tem um papel fundamental, pois normalmente a ideia de talento vem atrelada ao bom trabalho e até mesmo de inovação.

Por isso ter profissionais talentosos certamente ajudará a empresa a ser mais competitiva no mercado.

Embora nos últimos anos realizar contratações seja um desafio, afinal com a chegada da pandemia houve muitas mudanças nessa questão para as empresas, a pandemia tem mostrado a importância de adaptação das empresas e o quanto é preciso valorizar o fator humano.

Contudo profissionais e empresas precisam se adequar aos desafios.

O talento humano ajuda a projetar o futuro, e associado à tecnologia ajuda as empresas na sua entrega de valor aos seus consumidores.

Como identificar o talento de um profissional?

imagem-de-um-quebra-cabeça-em-branco-e-azul-claro-sendo-completado-por-uma-mão-que-segura-uma-peça-ao-centro-com-cor-azul-mais-forte

Neste cenário, tudo começa com assertividade nas contratações, o diferencial está na capacidade de empresas em identificar pessoas que abraçam o mesmo propósito.

Identificar e contratar pessoas talentosas é uma questão, no entanto após identificar é preciso lapidá-las. 

O mais importante é reter o talento humano nas empresas, identificar até pode ser difícil, porém ao encontrar talentos com os mesmo valores, cabe o investimento.

Como é este cenário?

Contratar talentos está difícil

Está cada vez mais complexo atrair e reter profissionais engajados com os valores das empresas.

O Brasil sempre foi um país que perdeu talentos para o exterior, pois as empresas estrangeiras oferecem benefícios e salários mais atraentes, levando trabalhadores qualificados das empresas nacionais. 

Um dos grandes desafios dos times de recrutamento é encontrar perfis qualificados e, mais que isso, efetivar a contratação de forma assertiva. 

Novas abordagens para reter talentos 

Repensar as práticas e buscar alternativas em novas estratégias para reter talentos dentro das equipes pode ajudar.

Mas como fazer isso?

Uma cultura empresarial bem consolidada já pode ajudar no engajamento e senso de pertencimento dos colaboradores.

Atualmente, com a ampla concorrência de mercado, profissionais especialistas são raros.

Encontrar e reter pessoas que fazem a diferença ficou ainda mais difícil. 

Lapidar, ou até mesmo, identificar um talento pode render tempo, energia e investimento, e perder esse talento levará da sua empresa não apenas um bom colaborador, mas também tempo e dinheiro.

Valorize o talento humano na sua empresa.

Automatização ajuda a resolver coisas que não exigem a inteligência e capacidade de um colaborador. Saiba mais!

Priorização da saúde mental

E os efeitos da pandemia impactaram também na saúde mental da população, diante disso, buscar ajuda é fundamental.

A saúde mental é muito importante para todas as áreas da nossa vida funcionarem bem.

No entanto, problemas como ansiedade tem se tornado mais frequentes desde então. 

Existem inúmeras maneiras de promover o cuidado com a saúde mental dentro das organizações, como:

  • Incentivo de prática de esportes,
  • Ginástica laboral,
  • Comunicação aberta,
  • Feedback 360,
  • Iniciativas internas de valorização,
  • Bônus para os melhores do mês,
  • Workshops e meet-ups com foco nesses assuntos,
  • entre outros estímulos…

As empresas são feitas de pessoas, portanto iniciativas que foquem na melhoria do capital humano são ótimos investimentos para a organização.

A relação entre colaborador e empresa mudou

Nos últimos tempos, acompanhamos uma drástica mudança na relação colaborador e empresa.

Por isso fortalecer a comunicação interna nos dias de hoje, além de ser um desafio, é um fator que pode até mesmo determinar existência das organizações.

Mesmo que a empresa tenha adotado modelos de trabalho remoto é importante investir em comunicação aberta, para que o somente o trabalho seja remoto, mas a relação se mantenha próxima.

O mais importante elo que garante a confiança deste relacionamento é o propósito em comum da empresa e colaborador.

Este propósito deve estar estampado não somente na marca, mas em toda a cultura organizacional. 

Atualmente, estudos sobre contratações e processos de melhoria contínua são implantados cada vez mais nas empresas. 

Conclusão

Conte com a gente para saber mais sobre novidades desse mercado desafiador que temos enfrentado e comece já a superar desafios na sua organização.

O mercado de trabalho está cada vez mais complexo, mas com as ferramentas certas e talentos motivados, a produtividade é capaz de dar saltos incríveis mesmo que no curto prazo.

A Simplifica+, é especialista em ajudar empresas a escalar resultados priorizando o seu capital humano em atividades estratégicas de alto impacto com automação.

Até a próxima!


ola@simplificamais.com.br | +55 (47) 3370-7625 | +55 (47) 99630-0063 | A Plataforma Simplifica+ é um produto Adapcon