Transformação Digital: qual é a importância da automação?

Play
homem-sentado-a-mesa-com-tablet-na-mao

A Transformação Digital é um processo diretamente ligado a adaptação de organizações com as mudanças através do uso da inovação tecnológica.

Ela não é um fenômeno restrito aos negócios, no entanto, é uma estratégia com grande potencial de sucesso no B2B, e esse sucesso depende da capacidade dos gestores em repensarem seus negócios com estratégias de inovação, tecnologia e recursos digitais.

Ter somente iniciado o processo de transformação digital não é mais um diferencial, portanto uma missão que requer das empresas, adaptar-se ou perder espaço no mercado.

A automação é uma das formas pelas quais as empresas são impactadas pela transformação digital, com aumento da produtividade e impacto direto na satisfação dos clientes, mas afinal de contas, o que é transformação digital?

O que é Transformação Digital?

A Transformação Digital é um processo contínuo, de ação direta em negócios, assim como na cultura organizacional, que faz uso da tecnologia digital para melhorar a experiência do cliente, otimizar processos operacionais e auxiliar na tomada de decisão.

Os negócios de sucesso de hoje e do futuro serão os quais se adaptarem melhor às transformações, tanto na mudança de comportamento dos consumidores, quanto na adesão de novas tecnologias.

Um ponto determinante é entender que a transformação digital refere-se a um movimento mais revolucionário, em um nível acima da simples digitalização.

Segundo o Gartner, a digitalização corresponde a iniciativas mais modestas, como disponibilizar serviços online ou substituir um processo manual por uma tecnologia.

A transformação digital começa na mentalidade dos gestores, até sua aplicação na cultura organizacional para que o modelo mental da empresa como um todo seja de adotar essa abordagem de inovação.

Em síntese, a Transformação Digital precisa acontecer de dentro para fora nas empresas.

Ela começa na mentalidade dos gestores, passa à implementação nas operações rotineiras até que chegue ao alcance do cliente.

É preciso, entretanto, compreender que a Transformação Digital não demanda simplesmente investimento financeiro.

Ela começa antes, com uma cultura de inovação e uma gestão com visão de futuro para que essas mudanças tenham rápida adaptação quando aderidas.

Transformação Digital no crescimento das empresas

A criação da internet nos anos 90 e o avanço da tecnologia nos anos seguintes projetaram várias mudanças que dariam forma à transformação digital tal como conhecemos hoje em dia.

Embora a transformação digital não seja um fenômeno restrito ao ambiente empresarial, é nos negócios que vemos sua ação mais presente.

Isso porque a indústria é um campo fértil para automações, e a transformação digital vem pavimentando o caminho para os mais recentes avanços da tecnologia como a internet das coisas, lean manufacturing, indústria 4.0, machine learning, inteligência artificial e por aí vai.

Pesquisa da Mackinsey estimou que o uso de tecnologias para aplicações B2B têm maior potencial de valor do que para aplicações convencionais de uso pessoal.

Essa pesquisa é mais voltada a internet das coisas (IoT), uma das grandes promessas da transformação digital.

Nela foi identificado que as aplicações B2B podem gerar quase 70% do valor potencial habilitado por aplicações IoT, se comparado com aplicações de uso no B2C.

Como sabemos, muitas empresas ainda têm certa resistência ao adotar a tecnologia como uma aliada, porém nos dias de hoje com o avanço da tecnologia essas empresas perdem rapidamente sua fatia de mercado e mais cedo ou mais tarde estarão fadadas ao fracasso.

A transformação digital segue ganhando espaço no mercado B2B, conforme apontado na pesquisa da Gartner, 47% das organizações aumentarão investimentos em internet das coisas apesar dos impactos do COVID-19.

E o estudo da Mackinsey aponta que o investimento estimado até 2025 seja de US$11,1 trilhões em aplicações de internet das coisas.

Esses dados apontam que o crescimento previsto é grande, o que significa muitas empresas usando a transformação digital como um aditivo para o sucesso.

Automação acelera a transformação digital

Como você pode ter percebido, a ideia aqui é conscientizar o quanto a Transformação Digital é essencial para o bom desempenho das empresas.

Sem falar que a automação de processos no B2B é uma maneira muito consistente de acelerar as mudanças tecnológicas na cultura da empresa.

As empresas têm se deparado diariamente com milhares de informações que precisam ser colhidas, analisadas, direcionadas e tratadas.

Por isso, automatizar atividades rotineiras é um meio estratégico de melhorar os resultados operacionais, tanto para os processos, quanto para a disposição das equipes.

A automação acontece por meio de sistemas com comandos previamente programados em softwares ou dispositivos mecânicos, com foco em tornar atividades rotineiras em sistemas autônomos.

Com a automação de processos, a gestão consegue identificar melhor possíveis falhas potenciais antes mesmo de elas acontecerem, e os desafios operacionais são vencidos com maior eficiência em tempo e custos.

Isso sem falar que é possível aproveitar melhor o trabalho de colaboradores que passavam boa parte do tempo presos em atividades repetitivas, com a oportunidade de trabalharem em algo que traga mais valor à empresa.

O resultado é ter uma equipe mais motivada, clientes mais satisfeitos e reduzir tempo e custos operacionais.

Certo, e como fazer isso?

Como automatizar os processos?

Se olharmos com cuidado, a mentalidade de automatizar atividades foi o plano de fundo na evolução da humanidade.

A partir da segunda metade do século 18, na revolução industrial, com a introdução de motores, máquinas a vapor, caldeiras e mais uma série de invenções, daí em diante a automação começou a facilitar a vida das pessoas.

Atualmente com a tecnologia disponível, as empresas querem escalar resultados e vender muito, porém muitas vezes acham normal manter processos manuais e atividades triviais que tomam tempo e usam incorretamente a capacidade das pessoas, ao invés de abrir as portas para a transformação digital.

Para ajudar com esse desafio listamos alguns dos critérios que devem ser levados em consideração ao aplicar a automação nos seus processos, confira:

  • Conheça a fundo seus processos: conhecer todos os processos internos da empresa é essencial para saber quais deles precisam ser automatizados;
  • Mantenha o foco no cliente: As melhorias trazidas pela automação devem impactar positiva e diretamente na experiência do cliente, afinal de contas é o cliente quem motiva todas as fases do produto/serviço;
  • Escolha de fornecedores: escalabilidade, infraestrutura, tecnologia confiável, excelente suporte técnico, experiência de mercado, entre várias outras qualidades devem ser consideradas na escolha do fornecedor da tecnologia;
  • Conte com uma equipe de implementação: Contar com uma equipe especializada na implementação é importante para garantir a eficiência e agilidade no processos, além de suporte e boa relação com o cliente. Isso não quer dizer que esses especialistas precisam fazer parte da sua operação. Hoje em dia com o SaaS, sua empresa só colhe os benefícios da tecnologia e a parte técnica fica com os especialistas.
  • Prepare suas equipes: Como já falamos antes a transformação digital depende em grande parte da mentalidade das pessoas em rever ações com alguma alternativa tecnológica. Por isso aposte em capacitação, treinamentos e diretamente na cultura da empresa para que o pensamento inovador faça parte de suas equipes.
  • Faça uso de Data Driven: Automatizar processos é um grande passo, mas é necessário também monitorar os dados vindos da tecnologia. Na estratégia Data driven, os dados são usados para direcionar a tomada de decisão e melhorar a performance nos resultados.

Caso sua empresa ainda não seja muito inovadora e nem recorra facilmente à tecnologia para resolver problemas, leia mais desse assunto no artigo:

Nele falamos da transição de processos manuais sendo substituídos pela automação e como no decorrer da história a transformação digital se intensificou na indústria, culminando hoje em uma mentalidade difundida nas empresas de elite.

Como a automação ajuda na transformação digital da empresa?

Segundo pesquisa da Mckinsey, as empresas consideradas líderes digitais também apresentam melhor desempenho financeiro.

Isso comprova o quanto a tecnologia chama a atenção dos clientes, que estão à procura de uma experiência cada vez mais ágil e personalizada.

Os benefícios são percebidos de fato por quem usa diariamente a tecnologia e colhe os resultados, porém listamos alguns para ficar mais claro:

Facilita a gestão de informações: A tecnologia ajuda na gestão de informações e favorece a comunicação mais assertiva com os dados da empresa entre os departamentos e, inclusive com o cliente, tornando a consulta e tratamento de dados mais simples e acessível.

Redução de custos: A automação facilita o monitoramento constante dos dados e ajuda a identificar possíveis erros e resolvê-los para evitar prejuízos. A automação otimiza processos repetitivos, e os colaboradores podem ser direcionados às tarefas mais estratégicas e produtivas, o resultado é a redução de tempo desperdiçado, dinheiro, recursos e em muitos casos até mesmo equipes superlotadas podem ser reduzidas e entregarem mais eficiência.

Mais eficácia na gestão: Com dados mais bem trabalhados a gestão tem mais segurança para tomar decisões, pois conseguem ter uma visão ampliada da situação da empresa sem precisar perder tempo criando relatórios manuais sujeitos a erros.

Otimiza o tempo: A automação favorece a agilidade de atividades repetitivas, pois sistemas ao contrário das pessoas funcionam com simples comandos que raramente falharão. O fato de integrar a informação garante uma comunicação mais eficiente entre as equipes, sem precisar longos alinhamentos.

No atendimento ao cliente por exemplo, a otimização de tempo atende tanto a empresa quanto o cliente. O que no passado era feito em longas horas de trabalho, hoje pode ser concluído em poucas tempo, e permite a equipe se dedicar a tarefas maior impacto nos resultados.

Maior competitividade de mercado: Os processos automatizados aumentam a produtividade dos negócios e ampliam a possibilidade de investir em inovações, aperfeiçoando cada vez mais o desempenho das empresas.

Dessa maneira, o serviço oferecido adquire maior qualidade e influencia diretamente na satisfação do cliente, o que aumenta o nível de competitividade de mercado.

Lição do artigo!

Poderíamos falar por horas sobre a transformação digital e seus benefícios, assim como as possibilidades que já oferecem para muitas organizações.

A principal missão aqui é de alertar as empresas quanto aos atuais e novos tempos aos quais chamamos de Transformação digital, que ganha maior proporção a cada dia, é a mentalidade inovadora, e é o que colocará empresas na dianteira dessa transformação.

Se esse assunto te interessa veja nosso guia do autoatendimento!

ola@simplificamais.com.br | +55 (47) 3370-7625 | +55 (47) 99630-0063 | A Plataforma Simplifica+ é um produto Adapcon